Madrid
Weather Icon
New York
Weather Icon
Rome
Weather Icon
Lisboa
Weather Icon
C. Mexico
Weather Icon

ONDAS GRAVITACIONAIS DESDE A PROFUNDIDADE DO TIEMPO E DO ESPAÇO

ONDAS GRAVITACIONAIS DESDE A PROFUNDIDADE DO TIEMPO E DO ESPAÇO

O físico teórico Kip Thorne viu confirmadas as ondas gravitacionais e premiados os sons do filme Interstellar, no qual participou recentemente.


Se o leitor teve oportunidade de visionar Interstellar, filme classificado no género Ficção Científica, ficará satisfeito ao saber que o compositor da banda sonora, Hans Zimmer, acaba de receber a primeira medalha Hawking de Divulgação Científica na sua modalidade artística. O LIGO (Observatório de Interferometria Laser de Ondas Gravitacionais), nos Estados Unidos, confirmou a deteção de Ondas Gravitacionais procedentes da colisão ocorrida há 1400 milhões de anos entre dois buracos negros. O cérebro responsável por esse feito, o grande físico teórico Kip Thorne, é também responsável pela espantosa, rigorosa e criativa ciência que subjaz ao filme de Christopher Nolan.

Kip Thorne, um dos grandes teóricos dos buracos negros juntamente com Stephen Hawking, não foi um mero consultor dos autores do filme Interstellar, tendo-se empenhado na verdade desde o primeiro minuto, obrigando Christopher Nolan a melhorar o seu argumento para o tornar compatível com a ciência atual mais rigorosa. Calculou para ele os espaços e os tempos corretos para construir a história na qual se baseia o filme, e trabalhou em estreita colaboração com o responsável pelos efeitos especiais para que os buracos negros, protagonistas do filme, fossem exatamente como era suposto serem, ou como vão ser num futuro verosímil. O seu contributo foi tão importante que Christopher Nolan reconheceu-o como um dos produtores executivos do filme. Torna-se assim num indiscutível caso inédito na história do cinema da Ficção Científica. O seu amigo Stephen Hawking fez uma das suas, ao premiá-lo pela banda sonora do próprio filme.

Haverá um Nobel para as Ondas Gravitacionais? Sim, há, e Kip Thorne arrecadou todos os boletins. Foi o teórico e o grande impulsionador do LIGO, e o êxito que este projeto inovador alcançou é já história da ciência mais atual. As Ondas Gravitacionais recentemente detetadas e agora confirmadas por esse monumento ao engenho científico humano confirmam a Relatividade Geral de Einstein a uma energia e a um grau de precisão nunca antes alcançadas. A Relatividade Geral é a ideia que gerou a cosmologia moderna, a nossa melhor janela para as complexidades do universo. Trata-se também da mais bela teoria da história da ciência.

Interstellar é agora premiado por ser ciência pura, estrita, rigorosa e verídica, com todas as equações de Ondas Gravitacionais e processos cósmicos reais incorporados no software dos seus efeitos especiais. Um luxo que poderia perfeitamente ser catalogado como documentário cósmico rigoroso, em vez de género de Ficção Científica.